Saturday, January 20, 2007

Devaneio

Não que eu desejasse ter, quem sabe um beijo ou uma espécie de olhar daqueles que atravessam a gente de um jeito que parece que estamos nus na multidão. Não, nunca quis isso, nem dela nem de ninguém.

Não que eu quisesse ser arremessado na parede e ter cada parte de mim tocada pelas mãos dela, sabiamente me tomando de posse e possuindo meu corpo (que já é dela) pra dele fazer o seu desejo.

Não, isso é muito. Isso é demais.

Eu só queria os lábios, ah, aqueles lábios.

Tendo aqueles pequenos lábios eu teria tudo

E muito mais...

4 Comments:

At 4:22 AM, Blogger Juliana Marchioretto said...

mto bom!

não pare de escrever, seu moço!

bjo

 
At 11:48 AM, Anonymous Claudia Lyra said...

Ai, que lindo, Poeta! Parece tão apaixonado!

 
At 3:43 AM, Anonymous Claudia Lyra said...

Ai, Deus! Não me diga que você é mesmo um tarado!!!!!!!!

 
At 5:40 AM, Anonymous Anonymous said...

Parece que vocês ja iniciaram com PR, as pessoas te prestigiam e no final ganaham um "nofollow", se toca.

 

Post a Comment

<< Home