Wednesday, January 24, 2007

E as coisas terminam

E ela me olhou com os olhos marejados. Lágrimas profundas começaram a escorrer e a boca tremia forte, num último impulso de auto-preservação.

Foi quando eu me lembrei de seu sorriso e me senti um monstro. Um mostro desses que faz bonecas chorarem.

E, virando as costas pra me livrar dessa tortura, soltei uma lágrima solitária e fui sem dizer adeus.

****************************************

Adeus

2 Comments:

At 3:42 AM, Anonymous Claudia Lyra said...

Monstro! Fez a moça chorar... tadinha...

 
At 10:52 AM, Blogger Juliana Marchioretto said...

não gosto da palavra adeus..

bjoo

 

Post a Comment

<< Home